Encontrando-se o homem miseravelmente perdido, e buscando o Pai das misericórdias o meio de salvar-lhe, tem que aparecer o nome de Maria nos tesouros de sua divina sabedoria e se apresenta aos olhos de sua divina bondade”

São João Eudes (O.C. V, 207)